Como trocar o fluido de arrefecimento?

O sistema de arrefecimento é o responsável por manter o carro funcionando em sua temperatura ideal, algo em torno de 90°C. Para tanto, é utilizado um conjunto de mangueiras, radiador, ventoinhas, bombas, válvula termostática e o fluido de arrefecimento. É muito importante que este sistema funcione perfeitamente para evitar possíveis superaquecimentos.

Este fluido precisa ser trocado com uma certa regularidade, e hoje, te ensinaremos a como trocar o fluido de arrefecimento. Mas não se preocupe, o processo é fácil e rápido, e pode ser feito na sua própria casa.

Como fazer a troca?

Primeiro, devemos entender como esse sistema funciona na prática. O fluido é impulsionado pela bomba d’água, que o “empurra” pelo motor pelas mangueiras. A válvula termostática controla o fluxo, liberando o fluido quando o motor ultrapassa uma certa temperatura. Assim, o líquido busca retirar o calor da peça, esfriando a mesma. O fluido então volta ao radiador, onde transfere calor através da ventilação forçada. Esse processo o esfria , que então retorna para o motor reiniciando o ciclo, controlando a temperatura do motor.

Para a troca, é necessário primeiro verificar o manual do seu carro para saber qual o fluido correto e a quantidade a ser utilizada. Compre o fluido ideal para o seu carro com antecedência, pois você não pode dirigir o carro até repor o líquido.

Visto esta questão, estacione o carro no local mais plano possível, pois é necessário levantar o carro do chão. Isso porque precisamos colocar um balde embaixo do radiador para recolher o fluido velho. Não há a necessidade de levantar o carro caso você tenha um recipiente próprio para coletar fluidos de veículos. Caso você suspenda o carro, utilize um “macaco” hidráulico, que será a ferramenta mais fácil para realizar este processo.

O fluido de arrefecimento pode ficar bem quente, então, espere o carro esfriar totalmente antes de começar. O ideal é esperar até que o radiador esteja frio o bastante para o toque. Aproveite e desconecte a bateria para evitar qualquer problema.

A válvula de drenagem fica localizada na parte de baixo do radiador, na frente do motor, ou seja, atrás das grades do carro. Você encontrará uma ou duas ventoinhas na frente do radiador, além de dois tanques que são de metal ou plástico. A válvula costuma ficar do lado do motorista, na parte de baixo, perto do peito de aço do veículo.

Coloque o recipiente para recolher o fluido velho embaixo do radiador, centralizado com a válvula de drenagem. Então, abra a válvula e deixe o fluido escorrer. Tome cuidado porque o fluido ainda pode estar bem quente, e procure evitar deixar ele cair no chão, uma vez que o líquido é prejudicial ao meio ambiente, e precisa ser descartado de forma correta.

O fluido de arrefecimento precisa ser armazenado em um recipiente com tampa, e ser descartado em local ideal. Geralmente as lojas de peças fazem o descarte, ou então, você pode ir ao centro de reciclagem de sua cidade.

Feche a válvula, ou recoloque o plugue, e então, procure pela tampa de pressão do radiador. Você pode localizar a tampa seguindo os canos do radiador pelo motor, ou pelo manual de instrução do carro. Abra a tampa e despeje água no reservatório. Não despeje muito, procure colocar metade da quantidade recomendada de fluido fornecida pelo manual. Então, feche a tampa e ligue o carro.

Fluído de arrefecimento

Fluído de arrefecimento

Ao ligar o carro, ligue também o aquecedor na temperatura máxima. Esse processo visa fazer a água circular por todo o sistema de arrefecimento. Assim, conseguimos limpar o sistema de todo o fluido velho que não foi retirado anteriormente.

Espere o carro resfriar novamente, mesmo que tenha ficado ligado por apenas 10 minutos. Temos apenas água no sistema de arrefecimento, o que causa um grande aumento na temperatura. Despeje essa água que passou pelo sistema no mesmo recipiente de antes.

Depois de retirar toda a água do sistema, é hora de despejarmos o novo fluido de arrefecimento no carro. Se atente ao tipo de fluido e a quantidade a ser despejada que consta no manual do seu carro. A grande maioria dos carros pede por uma mistura de fluido e água.

Você pode fazer a mistura sozinho, ou comprar o fluido que já vem pronto. Despeje o fluido bem devagar, para evitar transbordamentos, que sujam todo o motor de fluido. Preste atenção aos vazamentos, verifique embaixo do carro se não vaza fluido pela válvula, ou qualquer outro lugar.

Feche a tampa de pressão do radiador e ligue o carro, com o aquecedor no máximo. Observe o medidor de temperatura no painel, e verifique se está tudo ok. Se após 10 minutos a temperatura do carro estiver normal, a sua troca de fluido foi efetuada com sucesso. Caso o carro fique quente demais, verifique se o nível do fluido não abaixou, pois pode ser que haja algum vazamento que você não percebeu.

Agora você já sabe como trocar o fluido de arrefecimento do seu carro. Procure verificar o nível do fluido no sistema com regularidade para evitar qualquer vazamento. E então, dirija sem preocupações quanto ao sistema de arrefecimento do seu carro.

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *