Suspensão Fixa, Ar e Rosca: Qual Escolher?

Em 2014, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) aprovou as alterações na suspensão de automóveis no Brasil, o que antes era proibido. Para saber o que passou a ser permitido, clique aqui. Com isso, os apaixonados por carros modificados ganharam maiores possibilidades no momento de escolher a suspensão do seu veículo, tendo maiores opções de modelos fixos ou móveis.

No Brasil, os três principais e mais populares modelos de suspensão são o fixo, a ar e rosca. Mas muitas pessoas não sabem exatamente como funcionam esses três tipos de suspensão, as principais características e diferenças.

Qual modelo é o melhor, e como escolher são dúvidas frequentes, e por isso falaremos aqui um pouco mais sobre os três tipos de suspensão, buscando ajudar no momento da escolha.

Como funcionam?

Ao se falar nos tipos de suspensão, não existe necessariamente uma resposta para qual é a melhor. Isso porque todas são boas para determinadas situações e funções. Saber qual se encaixa mais no seu perfil, aquela que agrega mais para aquilo que você deseja é o mais importante.
Falando individualmente, estas são as principais características de cada uma:

  • qual-melhor-tipo-suspensao-ar-fixa-roscaSuspensão Fixa: Formada por um conjunto com quatro amortecedores e quatro molas preparadas. Com este modelo, o carro pode ser rebaixado a uma altura exata ideal para o modelo, proporcionando maior conforto e estabilidade. Muito usada por quem possui um veículo de alta performance.
  • Suspensão a Ar: Funciona com bolsas de borracha em substituição às molas. Esse modelo é móvel, com o sistema podendo ser regulado através de um controle instalado na parte interna do veículo. Quando acionada, as bolsas podem ser infladas, para elevar a altura, ou desinfladas, para rebaixar. Basicamente, o sistema é composto por válvulas solenoides, compressor de ar, amortecedores reduzidos, bolsas, cilindros de ar, manômetros, mangueiras e controle remoto.
  • Suspensão de Rosca: Este modelo também é móvel, e a regulagem da altura do carro é feita de forma manual. Possui um sistema de roscas e flanges, semelhantes a porcas e parafusos, que elevam ou rebaixam as molas, alterando a altura do veículo.

Qual escolher?

Como já dito, todos os tipos podem ser eficientes, fazendo parte de um projeto de customização automotiva. A principal dica é escolher a melhor suspensão de acordo com a forma como você pretende utilizar seu carro.

Carros de grande performance, com motores preparados para atingir grandes velocidades, costumam precisar de mais estabilidade, por isso o melhor modelo é a suspensão fixa, que pode ser instalada na altura ideal para o modelo e o tipo de piso que seu automóvel enfrentará.

Já a suspensão de rosca oferece maior mobilidade, e pode ser ótima para quem pretende enfrentar diversos tipos de terrenos, já que ela pode ser regulada manualmente, de acordo com a altura desejada, podendo oferecer tanto mais conforto para as ruas, como mais performance para as pistas.

O mesmo vale para a suspensão a ar, que vem se popularizando bastante no Brasil, com a altura que pode ser regulada, mas aí sem ser manual, já que o ajuste é feito confortavelmente, de dentro do carro.

Para o caso das suspensões reguláveis, é importante ter alguns cuidados no momento da instalação do sistema. Por exemplo, se o carro já for rebaixado, o ideal é que os amortecedores sejam mais duros, evitando o atrito com o chão. Caso o interesse seja por andar na altura original e rebaixar ao estacionar, opte por amortecedores com pressão e curso originais de fábrica.

O importante, nesta questão, é conhecer bem os tipos de suspensão disponíveis no mercado, e optar por aquele que melhor se adéqua ao seu veículo e àquilo que você deseja. Sempre lembrando de optar por produtos de boa qualidade, pesquisando sobre as marcas, para saber possíveis problemas, e escolhendo oficinas de confiança para realizar a instalação.

Além disso, vale lembrar que foram permitidas as alterações nas suspensão, mas que isso precisa ser aprovado pelo Detran do seu estado, para que seja regularizado.

Comentários
  1. fa
    • Flávio

Deixe sua mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *