Como Funciona um Sistema Imobilizador de um Carro?

Antigamente, para que uma pessoa pudesse furtar um carro era muito simples, bastava que ela tivesse algum conhecimento em como abrir o carro sem a chave e em noções básicas de elétrica. Isso porque os veículos eram produzidos sem o foco na segurança, o que os tornava alvos fáceis de roubos. Felizmente os tempos mudaram, e hoje em dia existem sistemas tecnológicos que visam a segurança de um veículo. Um destes é o sistema imobilizador.

Os imobilizadores eletrônicos são obrigatórios nos carros desde a década de 90, se tornando responsabilidade da montadora disponibilizar este sistema para o consumidor. Com ele, o carro não pode ser ligado sem uma chave própria, codificada, evitando roubos. Hoje, iremos falar sobre como este sistema funciona, cuidados que devemos ter e mais. Confira!

Como o sistema imobilizador funciona?

O sistema se baseia totalmente na chave do veículo, que possui um chip em seu interior que a codifica. Ao ser colocada no carro, esta chave é reconhecida pelo sistema, permitindo que o veículo ligue. Explicando-o de forma mais técnica, ao colocar a chave na ignição, esta passa a emitir um campo magnético que será codificado por elementos do sistema denominado de antena e canhão.

Assim, a antena transformará os sinais de radiofrequência que são emitidos em pulsos codificados para uma unidade denominada imobilizador. Se for a chave correta, o código emitido por ela será aceito dentro do sistema, e assim, a luz do painel apaga e faz com que a unidade de injeção seja liberada para que o motor entre em funcionamento. Este código será utilizado apenas uma vez, a cada nova partida, existe um novo código de identificação.

chave codigo imobilizador

As chaves atuais têm sistema imobilizador.

Caso não seja a chave correta a ser colocada na ignição, a central do imobilizador não a reconhecerá impedindo, assim, que o motor entre em funcionamento. Caso o erro persista, a central então, entra em modo de emergência travando todo o sistema, que só poderá ser liberado via scanner. Ou seja, fica impossível levar o veículo, a menos que ele seja rebocado.

O sistema imobilizador é uma ótima solução de segurança, entretanto, para aqueles que costumam perder a chave do carro este não é uma boa opção. A menos que exista uma chave reserva com o mesmo sistema o motorista poderá utilizar seu carro. Caso contrário, esta perda trará sérios transtornos ao proprietário. Além disso, cada vez em que existe o travamento do sistema, é preciso que ele seja liberado apenas via scanner o que pode ocasionar ainda mais trabalho.

Ainda existem poucos profissionais (chaveiros) que adotam este sistema em sua produção, porém, ele deveria ser considerado, pois o custo benefício é excelente. O sistema de imobilizador é nada mais que algo acoplado a chave do carro, e os profissionais que aderirem a sua produção estarão fazendo disso um diferencial em sua metodologia de trabalho.

A tecnologia cada vez mais proporciona as pessoas meios para que se preocupem menos com problemas relacionados à segurança, e também em outros aspectos. Por isso, um chaveiro que adere a este sistema com certeza estará investindo em um futuro muito próximo, em que a segurança tecnológica será a chave de tudo.

A ideia que o sistema imobilizador trás é a de dificultar ações de criminosos, reduzindo ainda mais suas chances de concretizarem um furto. Por isso, medidas com as deste tipo se fazem importantes para a inibição de ações criminosas. O sistema é 100 % seguro, e permite que o carro ligue somente se houver contato com a chave codificada, sendo assim, se torna uma medida essencial para aqueles que buscam meios confiáveis de se protegerem.

Antes, por meio da ligação direta, os ladrões conseguiam furtar um carro com muita facilidade. Hoje, com este sistema, já não é possível. É claro que atualmente existem no mercado diversos outros modos de se prevenir o furto, como carros que ligam apenas com a digital registrada, dentre outras modernidades. Porém, o sistema imobilizador ainda é o modo mais comum e utilizado por todas as montadoras.

Caso seu sistema imobilizador esteja com defeitos, existe uma luz no painel do seu carro que indica esta avaria. Também, pode-se detecta-la por um leitor que informa o consumidor sobre o funcionamento do sistema. Procure uma loja autorizada da sua montadora ou um serviço especializado caso haja algum problema.

Lembrando que, atualmente, os indivíduos que praticam ações ilícitas também possuem tecnologias avançadas, e que o imobilizador veio apenas para dificultar o modo como o roubo é realizado. Por isso, não se engane achando que seu carro estará completamente seguro com este sistema, sempre fique atento às medidas preventivas.

Gostou do nosso post? Tem alguma dúvida? Comente abaixo.

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *