Dicas Para Restaurar Carros Antigos

Enquanto a maioria das pessoas ambicionam sempre a compra de um veículo zero km, outros sonham na verdade com carros antigos, verdadeiros clássicos da história do automobilismo, e que quando em bom estado de conservação, chamam a atenção de qualquer um ao passar na rua.

Porém, o processo de encontrar um carro antigo que possa ser restaurado, e realizar o processo de restauração necessário, para que ele fique realmente como um novo, é muito mais difícil do que pode parecer, principalmente para quem é leigo.

Restaurar um veículo é algo extremamente difícil. Um carro antigo costuma apresentar diversos problemas e defeitos, e por mais legal que o veículo seja, dependendo de seu estado pode não valer a pena o conserto. Você precisará de paciência, e também já saber previamente de que os gastos provavelmente não serão pequenos, além de a busca por peças e itens ser outro fator complicador.

Por isso, é necessário tomar alguns cuidados, e seguir algumas dicas, antes de resolver encarar esse desafio. Fazendo tudo direito, o resultado poderá com certeza ser sensacional, e você terá um lindo e carro antigo, em ótimo estado, para usar ou até mesmo revender, lucrando no processo. E aí, sua paixão compensará todas as dificuldades.

Opala

Dicas para a compra

No passo a passo da restauração de carros antigos, a primeira coisa a se fazer e ter paciência, e procurar pelo carro que seja o certo para você, sem afobação, pesquisando bastante até encontrar o melhor modelo.

Também procure estudar um pouco sobre a restauração de carros antigos. Pesquisa por modelos, características, prós e contras de cada um, informações sobre peças, oficinas mecânicas especializadas (caso não seja você mesmo que fará a restauração), e opiniões e artigos de especialistas no assunto. Isso é importante, para que você saiba exatamente onde está entrando, e não faça nada sem ter um mínimo de conhecimento prévio. A internet será uma ótima aliada nestes dois primeiros passos.

Quando for ver o carro, olhe literalmente tudo no veículo. Se já é importante tomar cuidados e checar o estado de um carro novo ou seminovo, imagine para um antigo que precisará ser restaurado.

Cheque toda a estrutura e carroceria. Esta costuma ser uma parte que dá bastante trabalho na restauração. Procure por corrosões, riscos profundos ou outros danos que possam causar problemas para consertar. Você também pode usar um ímã para verificar se há corrosões com massa.

Observe o chassi, pois se ele estiver muito danificado pode não ser possível o conserto. Veja se está mal alinhado, e procure por corrosões, pontos de ferrugem e outros possíveis danos.

Enfim, verifique todos os componentes do carro, desde estrutura interna, carroceria, motor, suspensão, enfim, olhe literalmente tudo. Enquanto isso, já vá anotando os danos, o que precisa ser consertado ou trocado, para ver se a relação custo benefício será boa. Veja se valerá o investimento ou se o caminho para este veículo é mesmo um ferro velho.

Saber tudo isso também interessante na hora de negociar um preço, já que este dependerá também do estado do veículo. Outra dica importante, para leigos, é ir acompanhado de um profissional, que realmente entenda desse mercado e que poderá te ajudar.

Dicas para a restauração

Com o seu veículo devidamente escolhido, vão agora algumas dicas para ajudar no processo de restauração. A primeira é acompanhar todo o processo, caso não seja você que a faça com as próprias mãos. Além de isso ser importante para ver de perto que tudo está sendo feito de acordo, evitando possíveis dores de cabeça futuras, será muito legal e divertido acompanhar o processo, e ver o veículo tomando forma.

Também priorize peças originais, por mais que esta seja uma tarefa difícil e, principalmente, mais cara. A sugestão é ter muita paciência. Procurar em redes sociais de vendedores também é uma boa, mas cuidado com golpistas, principalmente na internet.

E não vá fazendo as coisas de acordo com as demandas que aparecem. Essa dica está mais relacionada a antes de começar o processo de restauração, devendo ser feita, preferencialmente, antes de fechada a compra do veículo. Faça um orçamento prévio, com todos os gastos previstos, pelo menos aproximadamente, para não ter surpresas.

Modelos interessantes

Por fim, é comum que as pessoas sempre procurem saber quais são os melhores modelos para serem restaurados. Como foi explicado neste texto, não existe necessariamente um modelo melhor, e tudo acaba dependendo do estado de conservação do carro, do gosto pessoal de cada um, e do que a pessoa deseja.

Entre os restauradores, o Opala é muito bem falado, especialmente as versões SS e Gran Luxo, por serem carros muito valorizados no mercado, oferecer um baixo custo de manutenção, por serem muito resistentes, e se adaptarem bem a possíveis modificações no motor.

Outros modelos bem vistos são o Caravan e os Dodges Charger e Dart. Além disso, outro que tem ficado muito popular é o carismático Fusca, que tem como pontos positivos principalmente o preço de compra, que é baixo, e a relativa facilidade para encontrar peças.

De qualquer maneira, não há um manual exato para a restauração de carros. Não temos como falar com o melhor modelo, e tudo varia de cada caso, das condições do veículo e do gosto pessoal do dono.

Deixe sua mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *