Como remover a pintura de um carro?

Você que restaurar aquele seu veículo antigo que está encostado há muito tempo, ou simplesmente renovar e alterar o visual do seu carro, com uma nova pintura, mas não sabe exatamente como fazer isso. Além disso, não está disposto a pagar por isso, querendo fazer você mesmo o serviço.

Bom, antes de repintar o carro, você precisará remover totalmente a antiga pintura, e é aí que muitas pessoas não sabem exatamente o que fazer, e muitas vezes apenas pintando por cima. Isso pode ser problemático, principalmente se você não tiver certeza de que a tinta é original e está em boas condições. O resultado pode acabar não sendo nada satisfatório.

Caso você queira alterar a pintura do seu carro, e não esteja disposto a pagar, ainda mais se não tiver uma funilaria de confiança, temos algumas dicas de maneiras para se remover completamente a tinta do seu veículo, sem risco de cair na mão de um funileiro mais “esperto”.

Três métodos

São três os principais métodos para remover a pintura do seu carro, cada um que pode ser melhor utilizada dependendo do estado do seu veículo, de acordo com cada situação. Você pode lixar, para o caso de seu veículo não ter sido pintado muitas vezes, já que serão poucas, ou apenas uma, camada de tinta.

Caso o seu veículo tenha sido pintado algumas vezes, sendo necessário remover várias camadas de tinta, você pode fazer com a ajuda de um agente químico, como um removedor. Há ainda a possibilidade de jatear partículas, essa muito boa para locais de difícil alcance.

Lixando

remoção-pintura-lixa

Você pode lixar o veículo para remover a pintura

Quando seu veículo nunca foi repintado, ou passou poucas vezes por esse processo, tendo poucas, ou apenas uma, camada de tinta que devem ser removidas, isso pode ser feito lixando sem maiores problemas.

Para esse processo serão necessárias dois tipos diferentes de lixas, com grãos 220 e 400, além de uma lixadeira de dupla ação. Além disso, use no mínimo uma máscara de poeira, para evitar que você respire fragmentos da tinta que está sendo retirada.

Retire o disco da lixa grão 220, pela parte traseira, e coloque-o na lixadeira de dupla ação. Então, lixe toda a superfície do veículo, até retirar completamente a tinta. Preste bastante atenção nesse processo, para não esquecer nenhuma parte, sem deixar nenhum resíduo da pintura que está sendo removido.

Por fim, quando a tinta for totalmente removida, realize o mesmo processo para a lixa de grão 400, até que toda a superfície fique totalmente lisa.

Utilizando um agente químico

remoção-pintura-removedor

Quando seu carro tiver passado por várias pinturas, será melhor usar um removedor.

Quando for necessário retirar várias camadas de tintas antigas, quando o seu veículo já foi pintado algumas vezes, você pode precisar da ajuda de um agente químico, um removedor dos disponíveis no mercado. Para a sua segurança, você deverá utilizar um respirador e luvas resistentes.

Primeiramente, remova acessórios da lataria do carro, como peças do acabamento de borracha e outros, além dos vidros. Após isso, despeje o removedor na carroceria, ou então passe por toda a superfície com um pincel. Terminado o processo, é só esperar o removedor agir. Deixe o tempo que estiver especificado nas instruções do solvente.

Depois disso, passe a betumadeira e cheque se já possível retirar a tinta da lataria do veículo. Caso a tinta já saia, continue o processo de remoção até retirar toda a tinta. Caso contrário, deixe agir por mais tempo. Se for necessário, aplique mais removedor, repitindo o processo até conseguir remover a pintura.

Passe água, para todos os vestígios de removedor e deixe secar. Depois disso, utilize uma lixa mais grossa, grão 220, para retirar a tinta residual, e a lixa mais fina, grão 400, até que a superfície fique totalmente lisa.

Remoção por jateamento

remoção-pintura-jateamento

O jateamento é outro método para remoção da pintura de veículos.

Outro método possível para retirar a pintura de um carro é o jateamento. Para este, você precisará de um compressor, de um material para jateamento – existem algumas opções, e de uma blusa resistente, de mangas longas e com capuz, luvas fortes e um respirador, para sua segurança.

Cubra todo o vidro, cromo e demais superfícies, ou as retire, deixando exposta apenas a lataria do veículo. Caso remover os vidros, remova também os assentos.

Depois você terá que escolher o material que deseja para o jateamento. Estão disponíveis diversas partículas, que podem se plástico ou areia, com diversos tamanhos diferenciados. Um bom intervalo de tamanho para esta finalidade é do 40 ao 12. Também é possível usar bicarbonato de sódio, mas apenas se não tiverem muitas camadas de tinta e o veículo não estiver enferrujado.

Escolha o compressor e o bico que você vai utilizar. A maioria dos bicos vai indicar qual será a potência mínima do compressor, para que seja compatível. Aí é só selecionar colocar o material escolhido no compressor, selecionar a pressão, e jatear o carro até que a tinta seja totalmente removida.

Tags:

Deixe sua mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *