Como subir um vidro elétrico com defeito?

Tudo que vem para facilitar a vida das pessoas deve ser bem-vindo, porém a tecnologia extra pode trazer alguns problemas complicados de serem encarados. Por exemplo, até não muito tempo atrás, a única forma de subir ou descer um vidro de automóvel era através de manivela, o que mudou com a chegada dos vidros elétricos.

É justamente esse componente que costuma dar problemas, a troca não é tão complicada e tudo vai depender do modelo do veículo. Os carros mais novos saem de fábrica com módulos “plug and play”, ou seja, é tudo por encaixe e sem precisar cortar fios. Para que tudo funcione corretamente é preciso que um especialista seja consultado.

Hoje, as máquinas elétricas equipam até os modelos mais básicos e muitos sequer se interessam em olhar carros que não tragam este conforto ao motorista. De fato, é uma ajuda e tanto, mas e quando esta máquina dá problema? O que fazer nestes casos?

É preciso mostrar que todo esse processo não será simples, porém é provável que no fim das contas tudo dê certo. O texto vai ensinar as formas mais comuns para conseguir resolver esse problema que costuma ser bem sério. Para ter alguma sugestão de como subir um vidro elétrico com defeito basta seguir por aqui, pois as informações vão te auxiliar em uma situação de emergência.

Entendendo a origem do problema

vidro eletrico defeito

A parte mecânica da máquina de vidro pode ser um desafio

Para que uma janela com vidro elétrico funcione, é preciso que todos os componentes estejam ajustados, tanto a parte mecânica, quanto a elétrica. Então, o primeiro passo é entender a origem do problema. Se o problema é em todas as janelas, o mais provável é que seja um problema elétrico.

Quase todos os veículos terão um fusível que será o responsável de proteger o circuito das janelas, porém é necessário encontra-lo usando o manual ou o mapa de fusíveis presentes na própria tampa da caixa de fusíveis. Normalmente é esse o defeito mais comum e, para ver se existe um problema com o fusível ou não, é preciso fazer um teste trocando o fusível por outro equivalente. Este reparo é simples e barato.

Outra possibilidade de defeito elétrico é algum mau contato nos interruptores que acionam o circuito. Neste caso, tente posições diferentes ou desmontar os botões que acionam o vidro

Caso o defeito esteja em janelas individuais, o mais provável é que o defeito esteja no motor, nas engrenagens ou mesmo nas canaletas, será preciso fazer a substituição de peças e é justamente aqui que existe a primeira dúvida. Trata-se simplesmente de ir atrás em alguma autopeça ou mesmo em um especialista para auxiliar nessa parte?

Desmontar o conjunto de vidro elétrico pode ser complicado par ao leigo, será necessário remover o forro da porta, e acessar a máquina por um espaço não muito confortável. Se conseguir, então terá que procurar por peças iguais que nem sempre encontraremos facilmente.

Como é possível subir um vidro elétrico com defeito?

Para conseguir subir um vidro elétrico com defeito é preciso estar em duas pessoas. Para tal, é necessário abrir a porta do carro e deixá-la estável, o objetivo é conseguir pressionar a trava externa da porta. A partir disso, resta apenas encaixar os vidros entre as suas mãos para começar a descer ou subir.

Uma das melhores atitudes para evitar esses problemas é adequado deixar um bom pedaço do vidro exposto. Já que se o mesmo cair totalmente, será necessário abrir a porta e isso dará muito trabalho de ser feito. O objetivo principal é fazer com que o primeiro caso consiga resolver e o indicado é ir mexendo os vidros até chegar na posição desejada. Faça isso com cuidado para não causar ainda mais danos.

Normalmente existe um defeito comum, ou seja, trata-se simplesmente da dificuldade em subir ou mesmo descer o vidro. Atualmente existe muitos produtos que lubrificam e fazem com que seja muito simples da máquina vir a trabalhar. Especialmente a questão do peso, porém o mais indicado é procurar um especialista para te auxiliar em todos esses pontos.

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *