Vale a pena Recondicionar um Amortecedor

Os amortecedores são elementos essenciais para o bom funcionamento da suspensão do seu carro. Sendo o primeiro componente a sentir o impacto do contato dos pneus com o solo. Justamente por seu uso intenso, a todo momento em que o carro se move nas ruas cheia de buracos que temos no dia a dia, é uma das peças que mais sofrem desgastes.

Diante dessa troca quase constante e do preço de amortecedores ser um pouco pesado ao bolso, então, surgiram os amortecedores recondicionados. Mas será que vale a pena recondicionar um amortecedor? Quais são os perigos envolvidos? Não se preocupe, pois responderemos estas perguntas no artigo abaixo. Confira:

Para que serve o amortecedor?

O amortecedor é componente essencial para o conforto e dirigibilidade do carro. Sendo este responsável pelo contato constante do pneu com o solo. O amortecedor fornece conforto e estabilidade em todo o tipo de terreno em que o seu carro passa. Seja ele estrada de terra cheia de buracos, ou o asfalto mais liso em uma linha reta. Sendo os amortecedores uma das peças mais utilizadas, e desgastadas, do seu carro.

Em média, a cada 40 mil quilômetros, o amortecedor é acionado 105 milhões de vezes. Com números tão altos, é de se entender o porque essa peça acaba tendo sua vida útil reduzida.

Diante da importância de um amortecedor no seu carro, será que vale a pena recondicioná-lo? Uma vez que este componente é essencial para garantir a boa direção do seu veículo. Tenha em mente que um amortecedor recondicionado pode não ser a mais segura das opções. Já que recondicionar um amortecedor implica em utilizar amortecedores usados, que já esgotaram parte de sua vida útil embora e sofrido com tempo de uso e desgaste.

Sendo a opção mais barata diante de comprar amortecedores novos, o uso destes recondicionados pode trazer vibrações e ruídos na suspensão. Perda de estabilidade e um desgaste maior dos pneus ou outros componentes da suspensão são problemas recorrentes de amortecedores recondicionados.

Mas veja bem, não queremos dizer que todo amortecedor recondicionado é ruim. Existem aqueles que, quando feito da forma correta, podem oferecer uma boa qualidade, e evitar os problemas que citamos acima.

Cuidados a se observar quando recondicionar um amortecedor

vale a pena recondicionar um amortecedor

Vale a pena recondicionar um amortecedor?

Ao pensar em adquirir um amortecedor recondicionado, ou então, recondicionar o seu, é preciso prestar atenção a alguns aspectos. O primeiro deles, o recondicionamento precisa ser em retifica.. Nada de usar tornos, precisamos recondicionar a peça em retificas de confiança. Isso porque a peça precisa ter dimensões especificas, além de um acabamento superior. Todas essas peças são desenvolvidas pensando nos milésimos de milímetros envolvidos. Você deve seguir essas medidas.

O óleo que deve ser usado é o óleo hidráulico. Isso porque os amortecedores ficam sujeitos a condições mais extremas, e estes não podem sofrer alteração na viscosidade.

Assim como a solda, que precisa ser o mais forte e resistente possível. Pense comigo, o amortecedor absorve impactos que o carro sofre nos mais variados terrenos. Sendo assim, precisamos de soldas de qualidade, sendo a solda elétrica (MIG) a mais recomendada.

Para finalizar, os anéis e os vedadores precisam ser da melhor qualidade. Já que estes precisam resistir a ação química do óleo, a pressão e o atrito a qual o amortecedor está sujeito.

Considerações gerais

Como podemos ver, é possível sim obtermos um recondicionamento de qualidade. Porém, precisa ser feito de maneira muito especifica, com a mais alta qualidade possível. Com bons profissionais, dispondo do material correto, conseguimos um amortecedor recondicionado de qualidade.

Mas você precisa levar em consideração que um serviço de qualidade como o citado acima custa caro. Por vezes, a diferença de preço entre recondicionar um amortecedor e comprar um novo pode não ser tão grande. E aí, será que vale a pena mesmo?

Sendo assim, você precisa considerar suas opções com muito cuidado. Por vezes, o amortecedor recondicionado pode ser muito mais barato do que comprar um novo, porém, a qualidade é inferior, colocando a sua vida em risco.

Se for procurar por um recondicionamento de qualidade, o preço deste pode acabar sendo mais salgado. Por vezes, investir em um novo amortecedor pode ser a opção ideal. Cabendo a você ponderar e escolher a melhor opção para o seu bolso.

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *