Motor de Partida ou Arranque. Como funciona?

Um motor de partida ou motor de arranque consiste em uma peça que tem como objetivo transformar a potência elétrica em potência mecânica e, a partir deste momento, dar movimento ao motor.

Em veículos leves, o motor de arranque tem uma pequena engrenagem denominada de pinhão. Ela está localizada na ponta, exatamente onde fica a engrenagem que liga o motor. A energia fornecida ao motor de arranque vem através da bateria que passa por seus componentes e tem como objetivo se intensificar para gerar potência fazendo com que o veículo possa entrar em movimento.

Comportamentos que prejudicam a vida útil do motor de arranque

O motor de arranque é um elemento que tem uma função muito importante, mas que nem sempre recebe decida atenção como em outras peças do carro. Isso faz com que muitos comportamentos do motorista diminuam sua vida útil.

Entre estes comportamentos identificados estão, o ato de manter a chave do carro virada por muito tempo após a partir. Aquela falta de confiança em que o motor realmente ligue, ou então, um automatismo, mas que pode fazer muita diferença na vida útil da peça.

Além disso, outro comportamento em muitos motoristas é o ato de acionar o motor de arranque mesmo quando o veículo já está em funcionamento.

Motor de partida ou arranque. Como funciona

Motor de partida ou arranque. Como funciona?

Como identificar se o motor de arranque com problemas?

É possível identificar se a peça apresenta defeito através dos seguintes sintomas que o veículo pode apresentar:

  • Muito barulho ao tentar ligar o carro: isso quer dizer que a própria peça está com defeito;
  • Completo silêncio ao ligar o carro: se muitos ruídos são um mal sinal, o completo silêncio também é, pode indicar que a bateria ou escovas do motor apresentam problemas.
  • Funcionamento do motor de arranque, mas problemas na partida: muitas vezes, ao acionar a chave no veículo é possível ouvir o motor de arranque funcionar, porém, mesmo assim, o carro não liga. Isso pode indicar um problema na conexão do motor de arranque e do volante do carro.
  • Motor de arranque sem sinal de funcionamento: isso acontece quando o motor de arranque não tem energia suficiente fornecida pela bateria, por isso, é preciso identificar problemas nela.

Se o seu veículo apresenta algum destes problemas é preciso que seja levado a um mecânico de confiança. Confirmado o problema, é possível identificar a viabilidade da substituição de todo o conjunto do motor de arranque ao invés de apenas um dos componentes estragados. Existem muitos fornecedores que podem fornecer elementos remanufaturados e em boas condições de uso, com preços acessíveis.

Como testar o motor de arranque?

Assim como várias peças de um veículo, é possível testar um motor de arranque e identificar, e até mesmo resolver, alguns pequenos problemas de mecânica. Dispensando assim, o pagamento da mão de obra de um mecânico. Entretanto, esteja atento aos itens abaixo:

  • Para começar a testar o motor de arranque, verifique se a bateria está com cerca de 12,9 Volts, é possível testá-la através de um multímetro ou aplicativos OBD. Caso esteja tudo bem, é hora de testar outros componentes.
  • Outra possibilidade que faz com que o motor de arranque não funcione, é mal contato entre os fios de ignição do veículo. Para tanto, verifique todos eles, o mau contato pode causar um funcionamento irregular do motor de arranque.
  • Outra possibilidade é a caixa de fusíveis, é possível que apenas um fusível estragado pode prejudicar todo o funcionamento do motor de arranque.

Estes componentes podem ser facilmente identificados e trocados pelo próprio dono do veículo, entretanto, outros problemas devem ser levados ao conhecimento de um profissional responsável.

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *