Marcha Lenta Irregular – O Que Pode Ser?

Hoje em dia, as grandes cidades têm como principal característica, infelizmente, os engarrafamentos. E, nestes engarrafamentos, os motoristas podem optar por, em vez de desligar o veículo, apenas deixa-lo em marcha lenta, sem que nenhuma marcha esteja engatada. Quando os carros estão nesta situação, eles sofrem aceleração constante, mínima, para que não desligue. Não é recomendado que os motoristas deixem os carros em marcha lenta, pois isto prejudica o motor, ocasiona consumo excessivo de combustível e elimina na atmosfera gases poluentes.

Este uso constante e prejudicial da marcha lenta ocasiona uma oscilação da aceleração, chamada de marcha lenta irregular. A marcha irregular não consegue deixar o carro ligado e também causa um consumo exagerado de combustível. Este problema pode ser ocasionado por muitos motivos, que caso não sejam resolvidos, prejudicam o motor de forma muito acentuada. Alguns dos motivos são filtros entupidos, mangueiras de vácuo desgastadas, dentre outros.

O que pode causar a marcha lenta irregular?

Como mencionado, a marcha lenta é um estado em que o veículo se encontra quando não tem nenhum marcha engatada, apenas está sendo acelerado minimamente, sem movimentação. Não é recomendado, como dito, que os os carros sejam mantidos em marcha lenta, pois isto prejudica os veículos de forma considerável, promovendo gasto excessivo de combustível, desgaste do motor, acúmulo de resíduos de combustível nos componentes internos e acúmulo de água na descarga.

E, após o uso constante e não recomendado da marcha lenta, ela pode se tornar irregular, oscilando e não mantendo a aceleração do carro. Também, a irregularidade pode ser ocasionar por outros motivos, como situações excepcionais nos carros. Abaixo, iremos falar mais sobre os motivos que podem causar a marcha irregular, confira.

Saiba o que causa a marcha irregular lenta

A marcha lenta irregular pode ser ocasionada por diversos motivos, como problemas na ignição. A marcha lenta irregular causa a oscilação da aceleração e desligamento do carro.

Filtros com resíduos: Quando os filtros tornam-se cheios de resíduos, ocasionados pela queima incompleta de combustível, eles podem obstruir a passagem de ar e combustível, impedindo o funcionamento correto do motor e a combustão. Caso isto ocorra, é preciso limpar, desobstruindo os filtros, ou troca-los.

Mangueiras de vácuo desgastadas: Com o tempo, as mangueiras de vácuo podem serem desgastadas, com folgas ou mesmo se romperem. Assim, caso elas estejam danificadas de quaisquer formas, seja apenas com um corte, as mangueiras devem ser trocadas por novas.

Desgaste na correia dentada: A correia de distribuição, devido ao uso excessivo e incorreto, também pode ser gasta. E, este desgaste faz com que o motor não funcione corretamente, não atingindo o seu potencial máximo. As correias devem ser trocadas caso tenham danos.

Sistema de ignição e tampa do distribuidor danificadas: Outros possíveis motivos para a marcha irregular lenta são os danos no sistema de ignição e tampa do distribuidor. Podem haver problemas com cabos e as velas, por exemplo. Se o sistema de ignição não funcionar corretamente, não será possível que a combustão interna seja feita, e o motor do carro irá falhar.

O profissional adequado deve analisar a situação e identificar quais são as peças do sistema que apresentam problemas. Caso não seja possível realizar reparos, deve-se troca-las.

Sensor de rotação: O sensor de rotação, que mede a velocidade de rotação do motor, também pode apresentar avarias. O sensor envia os dados da velocidade à injeção eletrônica, que comandará toda a liberação de combustível. E, também, o sensor mede o quanto o motor sera exigido, para que ele possa responder corretamente à ação do motorista quando pisa no acelerador.

Coletor de admissão com junta de vedação queimada: Quando o motor aquece de forma excessiva, a junta de vedação queima, e o ar do exterior passa para dentro da câmera de combustão, o que causa maior quantidade de ar na câmera, em detrimento de combustível,. Esta avaria provoca falhas no funcionamento do motor, pois, para que o motor funcione corretamente, é preciso que tenha a quantidade ideal de ar e combustível na câmera.

Falha no sensor MAF: O sensor MAF atua regulando a entrada de ar no sistema, para que tenha uma mistura ideal de ar e combustível para ser injetada na câmera de combustão. Quando o MAF falha, há um desequilíbrio na quantidade de ar, fazendo com que sejam enviadas informações errôneas ao módulo do motor.

 

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *