Luz da Injeção Eletrônica Acesa ou Piscando na Moto- O que Pode Ser?

Atualmente, a maioria das motos produzidas e comercializadas já não possuem carburador, mas sim a injeção eletrônica. Este novo sistema, implementado até mesmo nas motos com poucas cilindradas, proporciona muita eficiência no consumo de combustível e também torna o veículo menos poluente. Além disso, o sistema de injeção eletrônica proporciona menos manutenção e também mais durabilidade de todas as peças.

As motos com injeção eletrônica possuem uma luz que auxilia os pilotos a identificarem possíveis problemas no sistema. Esta luz está localizada no painel dos veículos, e deve-se prestar muita atenção a ela, para identificar caso esteja acesa.

Quando a luz da injeção se acende, significa que há algum problema no motor do veículo, relacionados a alimentação de combustível do motor, defeitos nas velas, nos cabos de velas, nas bobinas ou nos bicos injetores. E, significa que a Unidade de Eletrônica Controle (ECU) detectou uma destas falhas e está indicando que é necessário levar o veículo a um mecânico.

Luz da injeção acesa ou piscando

A injeção eletrônica é um sistema de alimentação de combustível, que controla a quantidade de ar e combustível que entram no motor. Antigamente, este sistema era utilizado apenas nos carros, mas, agora, também está presente em motos, ônibus, etc. As motos que possuem o sistema de injeção eletrônica também contam com uma luz no painel, que indica se algo está errado no sistema.

Esta luz é acionada pela Unidade de Eletrônica Controle (ECU), que detecta o problema, aciona um plano de segurança e indica, apenas acendendo ou até mesmo piscando o mecanismo, que é necessário levar o veículo a um mecânico.

Saiba quais são os possíveis problemas que causam o acendimento da luz da injeção na moto.

Comumente, os problemas que ocasionam a luz de injeção acesa estão relacionados a defeitos da alimentação do motor, função principal do a injeção, como falhas nas velas, nos cabos de velas, bobinas e bicos injetores. Porém, o problema também pode estar no sistema de escapamento, como no catalisador ou na sonda lambda.

Ainda, muitas vezes, os sensores com problemas fazem com que a luz da injeção eletrônica fique acesa, mesmo que não ocorra nenhuma falha no sistema total de alimentação da moto.

A luz da injeção pode não ficar acesa apenas, mas também piscar, indicando algum código determinado para aquele veículo. Por exemplo, quando a luz pisca sete vezes, este é um código que significa que está havendo falha no sensor EOT, que tem a função principal de medir o óleo da moto.

Como resolver?

Quando a luz da injeção acende, é indicado levar a moto até um mecânico especializado, para que ele realize um diagnóstico completo e indique em qual elemento do sistema de alimentação está o problema. Não dirija muito tempo com esta luz acesa, pois este esforço contínuo do veículo pode ocasionar problemas muito mais profundos e sérios.

É indicado, primeiro, que veja se o problema não é com sensor, para depois procurar possíveis motivos pelos quais a luz está acesa ou piscando. Com o conserto correto, a luz deve apagar-se sozinha.

Aproveite que levou a moto no mecânico para realizar uma manutenção de outros sistemas que possam, talvez, ocasionar problemas na moto. Se certifique de que não há peças com desgastes, se o óleo está em um nível suficiente e também se outros sistemas importantes do veículo, como a iluminação e o freio, estejam funcionando perfeitamente.

Ainda, sempre cheque o alinhamento e balanceamento da moto, oq que evita que ela sofra trepidações e também previne possíveis problemas no sistema de injeção, que podem ser causados por trepidações, colisões, impactos, dentre outras questões.

Todas estas manutenções também prezam a segurança do próprio piloto, além da preservação da moto.

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *