O que é Cambagem? Quando Fazer?

No que se trata do seu veículo, é sempre importante levá-lo para manutenção, a fim de preservar a sua segurança. Deve-se estar atento se a dirigibilidade do carro está adequada, e se todas as peças estão apresentando bom funcionamento. Alguns dos procedimentos que devem ser feitos os carros são o alinhamento e balanceamento, evitando perda das regulagens e desgastes. A cambagem é outro procedimento, porém mais difícil de ser feito, que promove a centralização dos pneus.

O camber ou cambagem é a medida que se refere ao ângulo de 90º que as rodas devem fazer com o piso. Porém, podem ocorrer deformações na cambagem, seja ela positiva ou negativa. Mas, estes danos são mais incomuns nos carros novos. O processo de ajuste da cambagem deve ser feito quando o modelo do carro permite e no caso do camber fora de medida. Entretanto, é necessário analisar se o seu carro realmente precisa destes ajustes ou se isto é algo erroneamente sugerido pelos mecânicos.

Cambagem

A cambagem pode se referir ao processo de ajuste do camber, uma medida que se refere ao ângulo perpendicular que a roda forma com a superfície em que está. Quando este ângulo apresenta uma medida errada, a cambagem pode estar positiva ou negativa. Nestes casos, o veículo deve ser levado ao mecânico para que a roda seja centralizada. Entretanto, é difícil que estes danos ocorram nos carros mais atuais.

A cambagem positiva ocorre quando as rodas estão mais próximas uma das outras na parte superior, inclinadas para o interior do peito de aço do carro. Já a negativa é a proximidade das rodas na parte inferior, nas quais a parte superior está deformada para fora do para-lamas.

Saiba como funciona a cambagem

A cambagem é um processo de ajuste da angulação do camber.

Muitas pessoas não conseguem identificar o desajuste do camber sozinhos, mas isso pode ser essencial para a preservação correta dos pneus. Diferentemente de outros defeitos nos veículos, quando há alteração no ângulo perpendicular do camber, não se escuta nenhum ruído. Assim, com o camber, é preciso observar se as partes interna ou externa da banda de rodagem estão desgastadas.

Ademais, os problemas no camber podem indicar que está ocorrendo danos em outras peças, como nas buchas, bandeja ou pivô. Visto isso, apesar de ser mais raro, é importante estar atento à cambagem.

Quando fazer?

A grande questão acerca da cambagem é quando fazê-la. E, isto não leva em conta apenas o momento ideal, mas também em quais situações este procedimento de ajuste é permitido e necessário. Em relação à permissão, não são todos os carros que possibilitam que este procedimento de reajuste seja feito, devido à sua estrutura.

Alguns veículos não possuem o sistema de regulagem de cambagem, como os os da Volkswagen produzidos no Brasil e os da Renault, comercializados no país. Logo, é muito importante que seja verificado se o seu veículo realmente pode ter a cambagem regulada, pois caso este processo seja feito contrariando as recomendações, pode ocasionar consequências severas.

Agora, no que se tange à necessidade da realização do ajuste do camber, é necessário analisar se, ao invés do procedimento, podem ser feitas pequenas substituições de peças. Além disso, na maioria dos carros, se a cambagem estiver fora do ângulo correto, significa que há algum componente da suspensão danificado. E nestes casos mais graves, pode ser preciso que toda a roda seja trocada, visto que um pequeno ajuste não será a solução do problema.

Porém, caso identifique que a cambagem é necessária, realize o procedimento com um profissional de confiança. Apesar do que muitos pensam, a cambagem não prejudica os eixos ou as rodas, caso isso seja feita da forma correta. Porém, se ela for realizada de forma equivocada e com equipamentos errados, o procedimento irá, além de prejudicar os erros, também desgastar os pneus de forma significativa.

 

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *