O Que é um Calço Hidráulico? Como Consertar?

Em períodos de chuva forte, que ocasionam alagamentos, é um risco sair com os veículos da garagem. Isto porque podem ocorrer diversos problemas, desde a dificuldade em dirigir, devido à visibilidade, até o alagamento no interior no automóvel. Um dos problemas que podem ocorrer no período de chuvas excessivas, e também quando atravessa-se com o veículo em algum rio ou área com água, é o calço hidráulico.

O calço hidráulico é um problema que ocorre basicamente devido à entrada de um líquido na câmera de combustão. Comumente, o calço é ocasionado pela entrada de água, mas também pode ser causada devido ao ingresso do combustível.

Quando o líquido entra na câmera, ele impede que seja realizada a compressão da mistura de ar e combustível pelo pistão. Logo, ocorre o travamento do pistão nos cilindros e, consequentemente, uma ruptura ou deformação da biela. Com este problema, todo o motor é prejudicado.

Calço Hidráulico

O calço hidráulico é um problema que pode ocorrer em veículos que tiveram contato com grande quantidade de água, como, por exemplo, em alagamentos ou na travessia de riachos e rios. Devido à isto, pode-se entrar água dentro do motor e da câmera de combustão, ocasionando um prejuízo muito grande ao proprietário do veículo. Ademais, como mencionado o calço também pode ser ocasionado pelo ingresso de combustível na câmera, ao invés da água.

Em situações em que a água ocasiona o calço hidráulico, ela pode entrar pela parte dianteira do carro, passando pelo filtro do ar e indo diretamente para dentro do motor. Também, isto pode ocorrer pela parte de trás, por meio do cano de descarga.

Saiba o que é um calço hidráulico

Acima, pode-se ver um motor com a câmera de combustão alagada, o que ocorre no calço hidráulico.

Quando o líquido ingressa na câmera de combustão, ele impede que ocorra a compressão da mistura ar e do combustível, travando o pistão. Consequentemente, a biela trava e pode empenar ou mesmo se romper.

O calço hidráulico prejudica todo o motor, mas, quando ele ocorre  em alta rotação, além de prejudicar o pistão, biela, virabrequim e bronzinas, o cárter, cabeçote e também o bloco sofrerão consequências. Caso o calça aconteça durante a marcha lenta e baixa rotação, o motor irá parar de funcionar, apenas.

Para evitar que a água ingresse no motor, é preciso evitar que a água fique acima da metade das rodas. E, também, para evitar que a água entre pela parte traseira, pode-se acionar uma marcha forte, antes de passar pelo trecho alagado. Acelere constantemente, pois, assim, os gases do escapamento impedem a entrada da água.

Ainda, a água também pode entrar no motor devido à queima ou apodrecimento da junta de cabeçote, uma peça que localiza-se entre o cabeçote e o bloco, para evitar que água e o óleo ingressem entre estas duas peças do motor.

No caso do calço hidráulico ocasionado pela entrada de combustível, isto ocorre devido ao travamento dos bicos injetores abertos. Assim, eles pulverizam muito combustível na câmera, também travando os cilindros.

Como resolver?

Como o calço hidráulico é um problema complexo e afeta muitas peças do motor, é importante, primeiramente, levar o veículo a um profissional para que este possa analisar e diagnosticar todos os danos no veículo

Por vezes, é necessário trocar todas as peças que foram afetadas, como os pistões, biela, virabrequim, bronzinas, cárter, cabeçote e  bloco, caso elas tenha se rompido ou sofrido uma deformação muito grande.

Caso a água tenha entrado no motor, ainda, devido à junta do cabeçote, é preciso trocar esta peça, repondo-a por uma nova.

Como este é um problema que pode ocasionar muito prejuízo ao proprietário do carro, é indicado, primeiro, prevenir para que não entre água ou combustível na câmera de combustível. Evite passar com o carro por áreas alagadas, em que a altura desta passe da metade da roda.

Também, sempre realize manutenções regulares no veículo, para identificar peças que possam estar com problemas e desgastadas, com os bicos injetores e a junta do cabeçote.

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *