Quais os tipos de carroceria dos carros?

Os carros hoje em dia são fabricados nos mais variados modelos e designs. Essas mudanças, sutis ou não, fazem muita diferença quanto na utilização, em questão de conforto e dinâmica, quanto na aparência. Uma das mudanças que se pode realizar no automóvel concerne na sua estrutura. Na verdade, popularmente chamada de carroceria, é uma das mudanças mais significativas.

As carrocerias afetam o preço do automóvel, assim como sua dirigibilidade. Por exemplo, muitas marcas apostam em um modelo, priorizando a economia. Tem-se atualmente algumas principais estruturas, que irão ser descritas neste post. Quais são elas? Qual são os benefícios em questão de espaço e funcionalidade?

Quais são os tipos de carroceria?

Carroceria Sedan

São carrocerias consideradas dois e meio ou três volumes, compostas de cofre do motor+cabine+bagagem distinta da cabine. Eles são em sua forma geral, derivados da forma de carroceria hatch, possuindo um grande porta-malas.

carroceria de carros

A carroceria define o modelo do veículo

Os sedans são carros associados ao modernismo. Apesar de hoje em dia este modelo ter se popularizado, o que ocasionou na produção de carros com mais luxo, e estar sofrendo melhorias constantes, aumentando o preço do veículo, é fácil achar no mercado automobilístico modelos bons e com preço em conta. Esta carroceria tem a característica de ser espaçosa, ideal para famílias. São projetados para acomodar três adultos no banco de trás.

Além disso, as carrocerias dois volumes e meios sugere um visual esportivo, luxoso e com maior aerodinâmica. O teto do veículo não faz um ângulo proeminente com porta malas, descendo suavemente. Isso faz com que o veículo fique mais fluido e leve na pista, proporcionando maior velocidade.

O exemplos de estilos destes carros são: Corolla, Prisma, Cruze, Jetta, Peugeot 207 Sedan, etc.

Coupé ou Cupê

Esta versão de carroceria possui um número grande de interpretações, podendo ter versões de várias portas, o motor pode ser tanto dianteiro como traseiro. Porém, o seu volume interno é menor, levando apenas de 2 a 4 pessoas.

São carros esportivos, possuem teto baixo e uma traseira inclinada. Os coupés são produzidos com o intuito de serem carros esportivos, de luxo e que cheguem a altas velocidades.

Os exemplos de estilos destes carros são: Camaro, Porsche 91, Audi R8, entre muitos outros.

Fastback

Este modelo de carroceria é muito parecido com o modelo Hatch. Contudo, o que difere uma carroceria da outra é parte traseira, que se torna bem maior.

O teto é baixo e porta malas deste estilo se torna levemente encurvado. A porta traseira deste estilo de carro dá acesso ao interior do veículo. Os fastbacks possuem a aparência fluida, com linhas sutis. Ele une a funcionalidade com elegância, pois a aparência se assemelha a de um carro esportivo. Pode-se se dizer que este tipo de carroceria é uma junção dos sedanscom os hatchbacks,

Os exemplos de estilos destes carros são, Kadett e Volkswagem TL.

Hatchback

É o tipo de estrutura mais comum atualmente, pois sua funcionalidade é alta para o dia-a-dia. As janelas são amplas e os veículos podem ter duas ou quatro portas. Por ser um modelo muito versátil, as montadoras costumam apostar na produção de carros hatchbacks, pois resulta em veículos populares com ótimo custo/benefício.

Exemplos: Volkswagen Gol, Chevrolet Celta, Ford Ka, Peugeot 206 e Fiat Palio.

Roadster

Consistem em um tipo de conversível que possuem assentos somente para duas pessoas, localizados em volta do eixo traseiro. Eles possuem um aspecto totalmente esportivo. A versão conta com um santantônio. Além disso, existe uma categoria variante, chamada de spyder, que possui em sua composição 4 lugares. As marcas italianas adoram produzir este tipo de carro.

Os carros com esta carroceria possuem a dianteira longa, pois o motor se localiza exatamente nessa parte. Então, com os assentos recuados e a traseira curta, com um pequeno porta malas, o carro fica com uma estrutura ideal para estradas.

Alguns exemplos destes estilos de carros são: BMW Z4, Audi TT roadster, Maserati Spyder e Alfa Romeo Spyder.

Station Vagon ou Peruas

Esta versão de carroceria também é conhecida como perua ou caminhoneta. Elas sempre são derivadas de sedans e hatches. Estes tipos de carros podem ser compostos com 3 ou 5 portas. É o típico carro de família e o seu formato se estende até o porta-malas. Sua capacidade de bagagem é muito grande e este é um modelo foi popular no Brasil até chegada dos SUVs.

A perua prioriza o conforte e funcionalidade à velocidade e aparência. São carros que, dependendo da marca, têm preços bastante acessíveis e podem ser escolhidos caso a procura seja por um veículo que fornece espaço de sobra.

São exemplos destes estilos de carros: Palio Weekend, Parati, Peugeot 208, BMW Touring entre muitos outros estilos.

Minivan e Van

Este tipo de carroceria é conhecida como um estilo monovolume, uma vez que, seu compartimento está no motor. Existe a posição de dirigir mais alta e extensa, onde é possível trocar o posicionamento dos bancos. Tem teto alto.

São exemplos destes estilos de carros: Fiat Idea e Citroen Picasso, entre muitos outros modelos.

SUV

Os SUVs são conhecidos como Utilitários esportivos. Têm sua origem em áreas rurais ou de difíceis acessos mas que, com o tempo, acabaram por cair no gosto dos motoristas urbanos, seja pela possibilidade de dirigir um veículo mais robusto em nossas esburacadas, seja pela sensação de conforto e segurança que estes carros passam.

Normalmente são derivados de caminhonetes, mas os mais populares são construídos sobre plataformas de hatchs, não passando de um modelo de entrada maior, como é o caso do Fiesta/Ecosport e  Sandero/Duster. São grandes e considerados ideais para família, sendo, inclusive, o motivo de as peruas estarem desaparecendo. POdem acomodar uma terceira fileira de bancos, aumentando a capacidade.

São exemplos de SUV: Ford Ecosport, Renault Duster, Peugeot 2008, Fiat Freemont, Dodge Durango, Toyota SW4, Kia Sorento e outros.

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *