Twin-turbo x Biturbo – Qual a Diferença? E Twin Scroll?

Os motores turbos, quando surgiram, eram implementados apenas em carros esportivos, devido ao custo destes equipamentos mais eficientes. Entretanto, com o aumento da produção, e a consequente redução dos custos, os motores turbos começaram a ser inseridos em veículos populares, como os de 1.0 3 cilindros. Os motores turbos são alimentados pela passagem dos gases de escape, resultantes da combustão de ar e combustível. Em em outros motores, estes gases são desperdiçados.

Com a popularização dos motores turbos, muitos nomes têm se tornados famosos, como o twin-turbo, biturbo e twin-scroll. E, os indivíduos que pretendem adquirir um carro com turbo devem conhecê-los. Por exemplo, o biturbo possui duas turbinas, como o nome indica, enquanto o twin-turbo, duas turbinas idênticas. Abaixo, iremos falar mais sobre as diferenças e semelhanças destes sistemas, confira.

Motores turbo

Antes de começar a entender sobre os tipos de motores turbo, como o twin-turbo, biturbo e twin-scroll, os proprietários de automóveis ou indivíduos que pretendem comprar veículos turbos devem entender como este motor funciona. Os motores turbos são mais eficientes pois eles se alimentam de uma fonte de energia que é abundante e frequente nos veículos, o fluxo de eliminação dos gases de escape.

Ou seja, os motores turbos produzem energia a partir do aproveitamento dos gases produzidos pela combustão do ar e combustível, na câmera de compressão. Os turbo compressores são formados pelas caixas fria e quente, que também podem ser conhecidas por compressor e turbina, respectivamente.

Entenda como funcionam os motores turbo

Os motores biturbo, como pode-se ver acima, possuem dois turbo compressores.

Dentro destas caixas há um rotor, interligados por um eixo. A caixa quente, chamada de turbina, está instalada no coletor de escapamento. Assim, quando os gases de escape são eliminados, eles fazem o rotor girar. Como ele está ligado ao rotor da caixa fria por meio de um eixo, este também gira. E, como mencionado, a caixa fria é um compressor.

O rotor da caixa fria captura o ar filtrado e o direcionado, comprimido, para o tubo do sistema de admissão do motor. E, é nesta questão em que está a diferença dos motores turbo para os comuns. Enquanto nos segundos o ar é direcionado para o tubo de forma natural, por meio dos pistões, nos motores turbo este ar entra pressionado. Desta forma, há mais moléculas de oxigênio no tubo, e consequentemente, mais combustível.

Como a mistura de ar e combustível na câmera de combustão será mais densa, devido a quantidade maior de moléculas de oxigênio e combustível, as explosões são mais fortes. Isto faz com que o motor não seja tão exigido, que seja mais eficiente e também econômico.

Twin-turbo: O twin-turbo é um modelo de motor turbo que possui duas turbinas idênticas. Isso ocorre pois os fabricantes perceberam que os motores turbo possuem dificuldade em vencer a inércia comprimir o ar, o que é chamado de “lag”. Assim, nos anos 70, os engenheiros optaram por instalar dois turbo compressores nos carros, resultando em alta pressão de trabalho e lag reduzido.

Desta forma, cada turbo compressor trabalha com metade dos gases, sendo menores sem prejudicar o fluxo em altas rotações. Ademais, os twin-turbo também chegam à pressão necessária de trabalho mais rápido, vencendo a inércia.

Biturbo: Como o nome indica, os motores biturbo também possuem dois turbo compressores. Porém, eles não são idênticos, o que os diferencia do twin-turbo. Os biturbo funcionam com um sistema sequencial, em que os dois turbos são movidos pelos gases de escape. Mas, neste sistema, há um turbo compressor menor, que funciona em rotações baixas, e um maior, que lida com os gases de altas rotações.

Twin-scroll: Nos motores twin-scroll, apesar do que o nome indica, não há dois turbos compressores, apenas um. Porém, os gases de escape têm seu fluxo dividido em dois canais na voluta do turbocompressor.

Este turbo também pode ser chamado de “turbo pulsativo” e “turbo de fluxo duplo”, e comumente é utilizado em motores de quatro cilindros. Neste motores de múltiplos cilindros, eles se movimentam em pares, subindo e descendo. Então, cada canal irá funcionar com os gases de dois cilindros, para que o lag seja reduzido.

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *