O Que é Transponder? Quais os Tipos?

Desde que os veículos foram criados, diversas tecnologias foram desenvolvidas para proporcionar o conforto, segurança e bom desempenho destes. Por exemplo, as chaves, fechaduras e ignições foram empregadas nos veículos para promover a segurança tanto dos veículos quanto dos seus usuários. Assim, idealmente, apenas o utilizador do veículo podem abri-lo e dar a partida, usando uma chave que seja compatível com as fechaduras das portas e com a ignição. Porém, estas ferramentas podem ser clonadas, algo que já é bem comum, não oferecendo tanta segurança e privacidade quanto necessário.

Logo, foi criada o transponder, uma tecnologia que permite a abertura e funcionamento do veículo apenas com a chave programada. O transponder é o nome dado a um chip que permanece dentro da chave codificada. Esta chave não possui um padrão mecânico esculpido, e gera códigos eletrônicos que permite a conexão entre a chave e a central de segurança. Abaixo iremos falar mais sobre, confira.

O que é o Transponder?

O transponder, como mencionamos, é o nome dado ao chip contido na chave codificada. Ele emite sinais de radiofrequência que são captados por um central. No caso do transponder, ele envia sinais com códigos para a central. Caso este código seja compatível, é autorizado que o usuário do carro abra a porta ou dê a partida.

A central de segurança fica dentro do veículo, ligada ao imobilizador, e caso ela detecte que há disparidade entre o código fornecido pelo transponder e o que a central possui, o carro é bloqueado. Logo, não será possível ligar o carro ou mesmo abri-lo.

Saiba como funciona a chave codificada.

A chave codificada possui o transponder, um chip que gera códigos, permitindo a abertura do carro e sua partida.

As chaves codificadas não possuem apenas o transponder, mas também outros elementos. O chip com o código fica na extremidade da chave, que é inserida na ignição ou fechadura. Na parte mais larga da chave, está a placa eletrônica, que controla o alarme do veículo. A bateria instalada na parte inferior alimenta todo o sistema. Ademais, a chave codificada também possui o segredo mecânico, para que o veículo possa ser aberto e acionado mesmo que a parte eletrônica apresente falhas.

Existem dois tipos de transponder, e abaixo iremos falar mais sobre. Confira.

Transponder programável: O chip programável possui um código que foi previamente configurado. Caso o carro seja já adquirido com a chave codificada, não é preciso programa-lo. Porém, se esta ferramenta não vier junto com o veículo, é necessário parear os códigos por meio de um computador de bordo.

Transponder clonável: O chip clonável, como seu nome sugere, pode ser usado para realizar uma cópia, pois não possui nenhum código já programado. Logo, este chip pode ser usado para fabricar uma cópia do transponder programável, contido na chave original.

Como fazer uma cópia da chave codificada?

Para fazer uma cópia da sua chave, é preciso ter os códigos da chave original. Estes códigos ou mesmo o transponder original devem ser levados no chaveiro, para que ele possa usar um chip clonável e realizar a cópia. Antes, era necessário que o indivíduo tivesse o código escrito, mas hoje em dia existem equipamentos que realizam a leitura do chip.

É interessante mencionar que o processo de cópia da chave no chaveiro é muito menos custoso do que solicitar uma nova chave na concessionária.

Vale a pena?

Muitas pessoas não possuem carros com o sistema transponder. Assim, para decidir se realmente é benéfico instala-lo, deve-se entender como o chip funciona e se vale a pena. Apesar do que muitos pensam, a chave codificada não é um sistema impenetrável e completamente protegido contra furtos. Porém, a chave codificada realmente é mais segura para os proprietários de automóveis, pois a clonagem das chaves são mais difíceis de serem feitas.

A codificação das chaves e da central do veículo custa, em média, 1% do valor total deste. Por exemplo, caso o seu carro custe R$15.000,00, a codificação será R$150,00. Entretanto, isto não é uma regra, e os valores podem variar de acordo com o profissional que realiza o serviço. Ademais, a cópia simples da chave custa cerca de R$80,00.

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *