Escapamento esportivo para motos: como escolher

Os apaixonados por carros e motos estão sempre em busca de peças e acessórios que possam melhorar o desempenho de suas máquinas e também deixá-las mais bonitas. As mudanças de peças de carros o motos podem ser feitas, desde que estejam de acordo com as leis de trânsito e com a legislação vigente. É preciso também ter muito cuidado ao comprar peças e acessórios, que devem sempre ser de boa procedência, pois existem muitos produtos “piratas” no mercado, que podem danificar seu veículo ou até mesmo trazer perigo para quem dirige ou pilota.

Hoje vamos falar dos escapamentos esportivos para motos, que são muito procurados por quem possui um veículo de duas rodas. É preciso ter alguns cuidados na hora de escolher o escapamento para não danificar a moto e não ficar fora da lei.

Qual a Finalidade do Escapamento Esportivo?

Primeiramente, é preciso saber qual a finalidade de trocar o escapamento comum por um esportivo. Quais são os benefícios? Bom, o princípio básico de um escapamento esportivo é aumentar a velocidade da saída dos gases do escapamento. Ele serve também para mudar ou melhorar a frequência (relativa a uma rpm) de ressonância dos gases. Teoricamente esse fenômeno ocorre quando a rotação em que o fluxo pulsante de saída puxa os gases que estão na porta das válvulas de escape.

Um escapamento original vem com a função de regular emissões e ajustar o nível de ruído, o que acaba por comprometer a maximização da potência. Trocando o escapamento original por um esportivo, você consegue manter a potência, ao mesmo tempo que mantém as funções do escapamento original.

Como Escolher o Escapamento

Você tem a opção de trocar somente a ponteira, ou trocar todo o sistema. Trocando somente a ponteira, o ganho vai ser mais na liberação da velocidade de saída dos gases do que numa “afinação” perfeita do efeito acústico que otimiza a exaustão dos gases queimados. Para ter a função completa do escapamento, você deverá trocar o sistema todo (coletor e ponteira) por um que atenda as suas especificações de curva de potência.

Esta é a primeira escolha a fazer: preciso trocar todo o sistema, ou somente a ponteira? É preciso ter em mente que trocar todo o sistema vai sair bem mais caro, mas você terá um motor totalmente alterado, com remapeamento da injeção e ignição para um aproveitamento completo do sistema. Já se escolher pela troca da ponteira somente, vai alterar basicamente o ruído e um pouco de aceleração, refazendo o mapa de injeção.

O Material

As ponteiras de escapamentos podem ser encontradas em diversos materiais: aço inox, alumínio, titânio ou fibra de carbono. A maior diferença entre elas está no preço e no peso. Portanto, se você usa sua moto para competições, com certeza vai preferir um material mais leve. Nesse caso, a ponteira de titânio é a mais indicada. Mas é uma das mais caras.

As ponteiras mais baratas normalmente usam o alumínio ou o aço inox. O alumínio também um material leve, mas nem tanto quanto o titânio. O problema é que elas se amassam com facilidade e se esquentam muito, demorando para esfriar. Isso pode ser um problema para quem deixa a moto perto do tráfego de pessoas, principalmente crianças.

Já as de aço inox são mais pesadas, e também demoram para esfriar. Se você deseja uma ponteira que seja bonita, não esquente muito e esfrie rapidamente, prefira as de fibra de carbono. Além disso, são mais resistentes e também são leves. Porém, são mais caras.

Saiba como escolher o escapamento esportivo para sua moto

Saiba como escolher o escapamento esportivo para sua moto

Marcas Mais Conhecidas

Depois de escolher entre trocar somente a ponteira ou todo o sistema, e escolher também o material do escapamento, é preciso escolher a marca da peça. Uma das mais conhecidas é a Jeskap, de reconhecimento nacional e alta qualidade. Esta marca fabrica o sistema completo e também vende somente as ponteiras. É conhecida por deixar a moto com aquele ronco de motor que todo motociclista adora. Os primeiros modelos foram confeccionados pelo próprio fundador da marca.

A WR e a Roncar também estão entre as marcas nacionais mais conhecidas e aprovadas pelos usuários. A Pro Tork também é nacional, nascida em Curitiba. Tem preços mais em conta, mas alguns usuários questionam a durabilidade.

Deixe sua mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *