O que é a Tabela Fipe?

Sempre que você vai comprar um carro, novo ou usado, ou então vender o seu, a Tabela Fipe acaba aparecendo. Ela também está presente para definir a indenização paga pelo seu seguro, e na definição de quanto você vai pagar em seu IPVA. Mas o que é exatamente essa tabela? Como usar e para que ela serve?

A Tabela Fipe consiste no principal índice de preços médios de veículos, sejam usados ou novos. Ela é a principal fonte de informação para acompanhar a mudança de valor do seu carro, ou daquele que você pretende comprar, e por isso uma boa análise dela pode ser importante para não se comprar ou vender por um preço desproporcional ao mercado, perdendo dinheiro no negócio. Para acessá-la, clique aqui.

tabela-fipe

A Tabela Fipe apresenta o preço médio dos veículos de acordo com o mercado.

Vale destacar que a Tabela Fipe é feita baseada apenas em preços de veículos com itens originais de fábrica, desconsiderando adicionais que valorizam o valor do automóvel. Além disso, ela dá apenas uma média de preços, que serve como referência no momento de se calcular o valor de um carro, mas o vendedor e o comprador não são obrigados a seguir esse índice, podendo negociar livremente.

Em termos práticos, quanto mais velho o veículo, maiores as chances do mesmo diminuir a precificação na fipe tabela. Por isso, ela também é importante para você acompanhar a depreciação do seu veículo.

Como é calculada?

A Tabela Fipe dá mensalmente o valor médio dos veículos no mercado nacional. O calculo desse valor médio é feito da seguinte maneira:

Levantamento de dados: A instituição faz um levantamento em 24 estados, com mais de 125 mil cotações, sejam através de visitas em lojas ou com consultas em sites, revistas e etc.

Valores descartados: Dos valores levantados nessa primeira consulta, os mais discrepantes são desconsiderados. Isso ocorre para evitar que erros de cotação, valores obtidos por veículos com muitos opcionais diferentes dos originais de fábrica ou por condições especiais de alguma loja específica, não sejam considerados no calculo final, interferindo no preço médio de mercado.

Cálculo final: Após esse filtro, são calculadas as médias de preços por marca, modelo, ano e combustível, de onde se subtrai um percentual de 2% a 3%, conforme o caso, que é a diferença entre o preço ofertado e o acordo final entre vendedor e comprador, ou seja, preços efetivamente praticados.

Vale destacar que a Tabela Fipe cresceu na liderança de pesquisas mercadológicas para preços médios do mercado após acordos com prefeituras e centros universitários. Já que isso fez com que as estatísticas tivessem apoio de órgãos de estudos conceituados no mercado.

Para seguros

Além do índice servir como base para preços em negociações, a indenização do seguro de automóvel é paga com referência no valor médio da Tabela Fipe do mês do pagamento da indenização, e não do mês em que o seguro foi contratado, como algumas pessoas costumam pensar. Por isso, o valor da indenização está sujeito a valorização ou desvalorização, conforme o valor de mercado do veículo.

No momento de fechar um seguro, também é possível contratar por até 110% da Tabela Fipe, de acordo com as regras definidas pela seguradora, o que pode variar. Isso significa que você receberá o valor da tabela no mês de pagamento da indenização, mais até 10%, dependendo do que foi fechado em contrato.

Essa é uma boa opção para veículos que tem equipamentos e acessórios diferenciados, em relação aos modelos básicos, ou para pessoas que queiram se precaver de uma possível desvalorização do carro.

IPVA

O imposto sobre a propriedade de veículos automotores (IPVA) é cobrado sempre no começo do ano, e o seu valor varia de acordo a cada estado brasileiro, sendo calculado com base no preço do veículo estipulado na Tabela Fipe. Por exemplo, em São Paulo a alíquota cobrada para o IPVA é de 4%. Assim, um carro popular no valor de R$ 30.000 pagará IPVA de R$ 1.200,00 (30.000 x 0,04).

Assim, é possível que você saiba exatamente quanto pagará de IPVA antes que de receber o imposto, podendo se programar melhor, de maneira muito mais tranquila.

Resumindo, é importante sempre consultar a Tabela antes de negociações, já que ela é a principal referência para o mercado, interferindo desde no preço de compra e venda do seu veículo, até o quanto você pagará de imposto e o valor que receberá do seguro.

Deixe sua mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *