Como dar partida em um carro com a bateria descarregada?

A bateria arriada é uma situação muito comum enfrentada por grande parte dos motoristas, deixando muita gente na mão, sem conseguir dar a partida no automóvel. Porém, esse não é o fim do mundo, e, em caso de emergência, é completamente possível dar a partida em um carro com a bateria descarregada, e então levá-lo a uma oficina para resolução do problema.

Primeiramente, é importante entender o porquê de a bateria ter arriado, para saber o que causou o problema e proceder da melhor maneira possível. Em muitos dos casos, a descarga é resultado do fim da vida útil da bateria, e aí a troca por uma nova é inevitável. Mas, além disso, esquecer uma luz, lanterna ou o farol, ou ainda o rádio do carro ligado por muito tempo, também pode ocasionar o descarregamento da bateria. O ideal é saber o causou o problema para não ficar na mão outra vez.

Recarregar fazendo a “chupeta”

A ligação direta, método comumente chamado de “chupeta”, é a melhor e principal solução para dar a partida em carros com a bateria descarregada. Esse procedimento, se realizado da maneira correta, é a forma mais segura para dar a partida no carro, não sendo prejudicial nem para o automóvel e nem para a pessoa que faz a ligação.

O primeiro passo é providenciar o cabo adequado para o procedimento. Aquele bem comum, com dois fios, um vermelho e o outro preto. É importante averiguar se os cabos estão em boas condições, sem remendos ou emendas descascadas, para evitar complicações e possíveis acidentes. Além disso, nunca realize esse procedimento com fios domésticos, porque, neste caso, o risco para acidentes graves é grande.

Com os cabos em mãos, também é preciso conseguir uma bateria auxiliar, para recarregar a arriada. Normalmente, é necessária a ajuda de outro automóvel, conectando a bateria desse carro à descarregada. O ideal é que as baterias possuam a mesma amperagem, pois uma diferença nesse quesito pode causar danos ao sistema elétrico de um ou de ambos os veículos. Não sendo possível, o melhor é que a bateria auxiliar possua a maior amperagem.

O próximo passo é estacionar ambos os carros próximos um ao outro, mas é importante que as carrocerias não entrem em contato. Também lembre-se de desligar tudo o que consome energia nos dois carros, como luzes internas, faróis e lanternas, rádio, ar-condicionado e etc.

Ligação Direta - Bateria

É importante conectar o cabo de ligação direta à bateria da forma correta

Então, é o momento de conectar o cabo da ligação direta às duas baterias. É importante que as extremidades vermelhas e pretas do cabo não entrem em contato enquanto estiverem ligadas à bateria, para evitar curtos-circuitos.

Ligue os prendedores vermelhos (+) aos polos positivos das duas baterias. Depois, conecte os prendedores pretos (-) aos polos negativos de ambas. Esse é o padrão estabelecido, por isso é melhor segui-lo. Verifique se os prendedores estão bem conectados, sem contato entre si ou com alguma outra peça dos carros.

Ligue o automóvel com a bateria boa e deixe-o em ponto morto por alguns minutos. Isso deverá carregar a bateria arriada. Tente ligar o veículo com a bateria descarregada. Caso ele dê a partida, retire os cabos, na ordem inversa de quando você conectou. Portanto, primeiro retire os prendedores pretos, dos polos negativos, depois, os vermelhos dos positivos. É muito importante que, durantes esse processo, os cabos não entrem em contato.

Caso o veículo com bateria arriada não ligue, tente novamente, checando os conectores do cabo. Se não conseguir, não insista, para evitar que outros problemas ocorram ao veículo. Cinco tentativas, no máximo, é o suficiente. Caso não dê a partida, você precisará rebocar o carro até uma oficina.

Com o veículo ligado, você já consegue colocá-lo em movimento. Para deixar a bateria carregando, acelere o carro um pouco acima da marcha lenta por cinco minutos, e depois o acelere por mais 20 minutos antes de desligá-lo. Isso deverá ser o suficiente para que ele ligue novamente.

Empurrando

Empurrando Carro

Sem os cabos para ligação direta, será necessário empurrar

Mesmo sem o cabo para a “chupeta”, é possível dar a partida a um veículo com bateria descarrada. Para isso, você deverá estacioná-lo em uma ladeira, ou contar com a ajuda de algumas pessoas para empurrá-lo.

Primeiramente, coloque o veículo em ponto morto, acione o contato e solte o freio de mão. Caso esteja em uma descida, o carro já começará a andar. Fora de ladeiras, você precisará que algumas pessoas empurrem.

Quando o carro atingir a velocidade de 10 km/h, aproximadamente, pise na embreagem e engate a segunda marcha. Na sequência, solte a embreagem normalmente, e a inércia deverá fazer com que o motor dê a partida.

Neste caso, é importante que você dirija com cuidado, evitando paradas muito longas ou que o carro morra, porque se não terá que repetir todo o procedimento, e torcer para que o veículo dê novamente a partida.

Esse procedimento, de ligar um carro com bateria descarregada sem os cabos de ligação direta, deve ser usado em último caso, pois repeti-lo com muito frequência pode danificar outros componentes do veículo, como o catalisador, por exemplo.

E o mais importante, mais uma vez, é que você leve o veículo para uma oficina de confiança o mais rápido possível, para verificar o que ocorreu para a bateria descarregar, evitando assim novos problemas.

Deixe sua mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *